Uso Racional da água

29/05/2012

Enquanto uma solução definitiva para o desperdício de água não se concretiza, alguns condomínios tem tomado medida para se tornarem ambientalmente sustentáveis nesse sentido.

A troca da louça sanitária nas áreas comuns do condomínio antigo, por peças novas com dimensão mais econômica, a adoção dos sistemas de descarga diferenciados para dejetos líquidos ou sólidos, além da proibição da lavagem de carros com mangueira são alguma delas.

Mas são só o primeiro passo rumo a uma nova consciência. Atualmente, arquitetos e urbanistas vem sugerindo formas de incentivar a economia e o reuso da água dentro dos condomínios. “A instalação de hidrômetros individuais é a fora mais conhecida de promover a economia do uso do líquido”, considera o diretor de condomínios do Secovi-PE, Genival Aguiar. De acordo com ele, o agrupamento água-luz-gáz-telefone responde por uma margem de 6 a 8 % das despesas do condomínio, dependendo do seu porte.

Outras sugestões são a reutilização de águas limpas para jardinagem e até coleta de água da chuva. De acordo com o diretor de Ciência e Tecnologia do Sindicato da Construção Civil de Pernambuco, Serapião Bispo, a partir de junho deste ano entrará em vigor uma lei obrigando todos os projetos de construção de novos empreendimentos a terem itens de reuso de água, sob pena de não serem aprovados pelos órgãos competentes.

Fonte; Revista Secovi

Para melhorar o aproveitamento da água e evitar o desperdício desnecessários, algumas técnicas simples podem ser seguidas sem que modifique muito a rotina dos condomínios. A mais simples é armazenar água da chuva para lavar o prédio. Pede-se também a substituição das vaps por vassouras. Verificar sempre os vazamentos, principalmente em apartamentos fechados.

Serviços

servicos0

Assine

Cadastre-se no nosso site e receba nossos resumos de notícias: Fácil e Rápido.