Meio Ambiente e Educação

Escrito por Cláudia Moreira Garcia.

eco2 

A grande quantidade de informações sobre o meio ambiente e as famosas reuniões que se realizaram pelo mundo afora, tornaram este tema uma fonte de informação inesgotável. Livros, blogs, artigos, temas de mestrado, doutorado, enfim uma gama de informações acessíveis em bibliotecas, internet, revistas...

 

Isso é bom? Sim porque a informação chega mais rápido hoje do que a tempos atrás, mas apesar de tudo isso, o tema sensibiliza a todos? Imaginamos que sim, porque o que foi colocado acima demonstra isso, mas quem é que ensina, quem é que sensibiliza, quem trabalha o tema?

O tema meio ambiente se faz presente na educação brasileira e é vista de maneira legal através da Lei nº 9795/99, que em seu artigo 2º coloca que “A educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formal e não-formal”.

Mas isso ocorre realmente em seu caráter formal? Todas as escolas apresentam em seu currículo um trabalho voltado à conscientização ambiental, ou ela esta incluída em tópicos das disciplinas de biologia, ciências, geografia e outras. Ou ainda mais, faz parte apenas do calendário de dias comemorativos?

Todas estas questões fazem pensar que a educação voltada ao meio ambiente no Brasil é fantástica e atinge toda a população brasileira. Sabe-se que isso não é real, enquanto em alguns Estados este processo ocorre de maneira parcial mais efetiva, outros se mostram ainda engatinhando no tema, apesar da Lei Federal.

O que ocorre são atitudes isoladas de prefeituras, escolas, diretores e professores que veem o tema como de extrema importância e que deve fazer parte constante do cotidiano escolar.

Projetos são desenvolvidos para que atinja toda a comunidade escolar, projetos vinculados à gestão de resíduos, reaproveitamento, reciclagem de demais situações. Não se teria que estar abordando este tema mais profundamente? Ensi nando a não gerar, a não desperdiçar, a economizar, a perceber as questões de forma mais efetiva?

Percebe-se que apesar de uma legislação que contemple de forma clara e abrangente o tema, ainda temos muito que crescer quando tema é educação.

Tags: Educação Ambiental Meio Ambiente Lei nº 9795/99

Sobre o autor

Cláudia Moreira Garcia

Profª Doutora em Geografia do Estado do Paraná

Área de enfoque: educação e meio ambiente.

Email:

 

Mais artigos deste autor

Serviços

servicos0