SP vai fazer reciclagem de 45 mil carros apreendidos

O governo do Estado de São Paulo conseguiu autorização na Justiça para reciclar mais de 45 mil veículos apreendidos na capital nos últimos anos. Os 45.131 carros que estão depositados em pátios da cidade poderão ser transformados em sucata. O material será vendido para reciclagem. Segundo o governo, a medida, proposta pelo secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira e aprovada pelo Tribunal de Justiça do Estado, tem por objetivo resolver 'problemas urbanísticos e ambientais' da cidade.

De acordo com a decisão, eventuais interessados na restituição do veículo apreendido devem manifestar o interesse em resgatá-lo no máximo em dez dias. No caso de não haver manifestação de interesse, antes de virar sucata o veículo, caso esteja em condições de uso, poderá ser leiloado.

Já veículos que estiverem mal conservados, com chassi adulterado (impossibilitando a identificação do proprietário) ou irregulares, serão compactados e transformados em sucata. Os valores arrecadados tanto no leilão como na venda de sucata serão depositados em uma conta para eventual ressarcimento aos proprietários.

O presidente do TJ-SP, Ivan Sartori, acredita que o anúncio da transformação dos carros em sucata não irá provocar uma corrida ao Judiciário para reaver os veículos. “São muito antigos. Abandonados há muito tempo. Teremos, provavelmente, algum movimento, mas não uma corrida”. Após destruição dos veículos, os documentos serão obrigatoriamente recolhidos e receberão baixa para evitar fraudes e clonagens.

Serviços

servicos0

Assine

Cadastre-se no nosso site e receba nossos resumos de notícias: Fácil e Rápido.