Brasil é o maior reciclador de latinhas do mundo

Nenhum país reciclou tanta lata de alumínio quanto o Brasil em 2011. O novo ranking, divulgado pela Abralatas (Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade) e pela Abal (Associação Brasileira do Alumínio), mostra que o Brasil reciclou 98,3% das embalagens produzidas no ano, um recorde mundial.

Tal porcentagem significa que o país reaproveitou 248,7 mil toneladas de latas de alumínio de um total de 253,1 mil toneladas disponíveis no mercado em 2011. Para se ter uma ideia, os metros cúbicos de alumínio prensado equivalem a 30 edifícios de 10 andares!

Desde 2001, o Brasil lidera o ranking mundial de reciclagem de latinhas. O recorde anterior registrado no país era de 2009, quando 98,2% das embalagens foram reaproveitadas. Na lista atual, atrás do Brasil estão Alemanha (96%), Finlândia (95%), Noruega (92%) e Suécia (91%). Os Estados Unidos, maior produtor de latas de alumínio do mundo, aparece em 8º lugar, com 65,1% reciclados.

Em nota publicada no site oficial da Abralatas, o diretor executivo Renault Castro avaliou o sistema de reciclagem do Brasil: é estável, gera renda, emprego e serve de modelo para que outros materiais sejam reciclados na mesma quantidade que o alumínio.

Mas ainda há o que melhorar. Os números são satisfatórios, mas é preciso dar condições mais dignas a um setor importante na cadeia da reciclagem. “O que temos que fazer, no Brasil, é melhorar a qualidade de vida e de trabalho do catador de materiais recicláveis”, disse Renault.

Fonte: SWU

Serviços

servicos0

Assine

Cadastre-se no nosso site e receba nossos resumos de notícias: Fácil e Rápido.