O que é a certificação LEED e como obter?

O LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) é um sistema de certificação e orientação ambiental de edificações. Criado pelo U.S. Green Building Council, é o selo de maior reconhecimento internacional e o mais utilizado em todo o mundo, inclusive no Brasil, sendo que até março deste ano, 46 empreendimentos foram certificados.

Para obter a certificação de uma edificação, primeiramente, o projeto dever ser registrado junto ao USGBC (United States Green Building Council) e no Brasil quem fornece essa certificação adaptada de acordo com as condições e realidades brasileiras é o Green Building Council Brasil. Após o registro, a certificação só será válida com a confirmação dos pré-requisitos estabelecidos no registro.

Um projeto sustentável não é apenas aproveitamento dos recursos naturais, como uso da energia solar, ventilação natural, diminuindo os impactos ecológicos etc., isso é apenas um dos quesitos para a certificação. Para ter essa certificação, o empreendimento também precisa ser economicamente viável (retorno aos empreendedores), socialmente justo e culturalmente aceito (contribuir para o crescimento de todas as pessoas envolvidas).

E esses quesitos são divididos nos seguintes grupos, para obter uma pontuação:

- Sustainable Sites: Sustentabilidade da localização;

- Water Efficiency: Eficiência no uso da água;

- Energy & Atmosphere: Eficiência energética e cuidados com as emissões na atmosfera;

- Materials & Resources: Otimização dos materiais e recursos naturais a serem utilizados na construção e operação da edificação;

- Indoor Environmental Quality: Qualidade ambiental no interior da edificação.

- Innovation In Design: Uso de novas e inovadoras tecnologias que melhorem o desempenho do edifício;

- Regional Priority: Edificações que dão prioridade às preocupações ambientais regionais.

As pontuações e pré-requisitos da certificação LEED dependem do tipo de empreendimento. No Brasil, existem oito selos diferentes:

- LEED NC, para novas construções ou grandes projetos de renovação. Nesta categoria, a certificação é realizada considerando o terreno e a edificação como um todo. Geralmente são prédios de utilização de uma única empresa ou entidade como: corporações, universidades, escolas, hospitais, etc. Sendo que escolas e unidades de saúde tem outra classificação específica.

- LEED ND, para projetos de desenvolvimento de bairro. Nesta categoria, a certificação é realizada para a parte urbanística de um condomínio, de um bairro ou de uma quadra residencial ou comercial;

- LEED CS, para projetos na envoltória e parte central do edifício. Para prédios de múltiplos usuários, realizada para o terreno e para as áreas comuns da edificação, onde o empreendedor não tem responsabilidade sobre o projeto das áreas internas de cada unidade. Geralmente são prédios de uso coletivo para venda ou locação.

- LEED Retail NC e CI, para lojas de varejo;

- LEED Healthcare, para unidades de saúde;

- LEED EB_OM, para projetos de manutenção de edifícios já existentes. Nesta categoria, a certificação é realizada com base no desempenho de operação e na melhoria desta em edificações existentes,

- LEED Schools, para escolas;

- LEED CI, para projetos de interior ou edifícios comerciais. Para interiores de edificações comerciais, realizada somente para os inquilinos de áreas de escritórios em melhorias de instalações existentes ou novas edificações.

Além dos diferentes tipos e necessidades, a certificação também tem diferentes níveis de acordo com o desempenho do empreendimento (pontuação), como Silver (Prata), Gold (Ouro) e Platinum (Platina).

Para saber mais sobre a certificação LEED, acesse o site da Green Building Council Brasil (http://www.gbcbrasil.org.br/)

 

Fonte: http://lnengenharia.blogspot.com.br

Serviços

servicos0

Assine

Cadastre-se no nosso site e receba nossos resumos de notícias: Fácil e Rápido.